Barragem de Santa Cruz começa a sangrar em Apodi

Posted by on terça-feira, abril 21, 2009, 21:33
Esta notícia foi postada na categoria Notícias e possui Nenhum comentário até agora.

O segundo maior reservatório do Rio Grande do Norte, a barragem de Santa Cruz, no município de Apodi, atingiu a capacidade máxima às 17h de ontem. Os dados foram atualizados pela Secretaria do Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH). O açude de Pau dos Ferros também sangrou na tarde desta segunda-feira, 20.

Integrante da bacia Apodi-Mossoró, a Santa Cruz do Apodi, com capacidade de 599 milhões de metros cúbicos, se prepara para abastecer mais de duas dezenas de cidades, inclusive parte do município de Mossoró, através de sistema adutor do Alto Oeste e Mossoró, além de servir de fonte para irrigação de aproximadamente 15 mil hectares de terras férteis da chapada e do vale do Apodi em projetos que estão em fase de implantação por parte do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS).

A barragem também é considerada importante para o setor pesqueiro. É lá que a Secretaria Especial da Aquicultura da Pesca, do Governo Federal, está investindo na implantação de uma estação de produção de alevinos e de duas centenas de gaiolas de produção de tilápia do Nilo em cativeiro.

Para o Governo do Estado, Santa Cruz é uma das mais importantes fontes de abastecimento do Rio Grande do Norte, atendendo a uma população de 108 mil habitantes em 27 cidades. A barragem, que sangrou pela última vez em 2008, será base para a transposição das águas do rio São Francisco no Estado, projeto que está sendo custeado pelo Governo Federal.

Porém, a exemplo da barragem Armando Ribeiro, a de Santa Cruz também leva preocupação aos moradores da Varzea do Apodi. Geralmente quando o manancial transborda, como aconteceu em 2008, centenas de famílias ficam com suas propriedades alagadas. Nesse caso, o município de Apodi, segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura já está estruturando a Defesa Civil para auxiliar os pequenos produtores da várzea.

No total, os reservatórios do Rio Grande do Norte estão com 94% da capacidade. Em todo o Estado, a Semarh monitora 46 açudes com capacidade acima de cinco milhões de metros cúbicos, e 17 já estão transbordando. Na semana passada, transbordaram os principais açudes da região Seridó e o maior do Rio Grande do Norte, no caso a Armando Ribeiro Gonçalves. Ontem, foi a vez do açude de Pau dos Ferros e a barragem de Santa Cruz.

Fonte: Jornal De Fato

Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu site.

Sem comentários para “Barragem de Santa Cruz começa a sangrar em Apodi”

Deixar um comentário